Acevive firma parceria com a OAB/ES no combate às intermediações irregulares

Parceria ajudará no combate às intermediações irregulares criando um link entre ECV's e usuários.

Publicado em: 11/11/2020

José Carlos Risk (à esquerda) e Anderson Stofel

Nesta quarta, 11 de novembro, a Direção da Acevive, representada pelo seu Diretor Presidente, Anderson Stofel, foi recebida na Sede da OAB/ES, pelo seu Presidente José Carlos Risk Filho, para tratar da parceria entre as duas instituições.

Com a nova parceria firmada entre Acevive e OAB/ES, será possível intensificar os esforços no combate da prática de intermediários no Estado criando um link entre as empresas de vistoria credenciadas e os usuários.

A prática tem causado prejuízos as ECV’s e colocado a segurança dos usuários em risco, uma vez que os procedimentos são feitos de forma inadequada ou fraudulenta. Além disso, a prática lesa os órgãos reguladores, uma vez que desobedece ou frauda as Instruções de Serviços, responsáveis pela regulação do setor, que são estabelecidas pelo Detran/ES.

O convênio

A Acevive irá participar diretamente do projeto Anuidade Zero, promovido pela OAB/ES e que tem como público todos os advogados inscritos do Estado.

O projeto deverá beneficiar o setor de vistorias e todas as ECV’s Capixabas, aproximando este público específico das empresas credenciadas à associação.

O convênio prevê a oferta de descontos especiais direcionados aos advogados inscritos na OAB/ES, incluindo a Acevive na carteira de parceiros do órgão.

A OAB/ES passa a colaborar com a Acevive e demais instituições para inibir as práticas de intermediários e demais irregularidades que prejudiquem as empresas credenciadas.

É mais um órgão importante da sociedade capixaba a oferecer apoio nas questões de combate as irregularidades. A Acevive vem buscando cada vez mais adesões das instituições, para conscientizar e inibir a prática de irregularidades que causem prejuízos ao setor ou aos seus usuários. Precisamos defender a integridade do setor de ECV’s em nosso Estado, devido a importância econômica que ele representa, a sua função social imprescindível e os milhares de postos de trabalhos gerados direta ou indiretamente pela atividade”. Explicou Anderson Stofel, presidente da Acevive.

A Acevive vem buscando nos últimos meses o apoio dos órgãos de regulação e instituições importantes do Espírito Santo como o Detran/ES, o Centran/ES e o Governo do Estado, para chamar atenção quanto aos problemas, que têm se agravado recentemente.

A Acevive também vem desenvolvendo outro projeto que promove grupos de estudos e aprofundamento sobre as Instruções de Serviços que regulamentam o setor, com o objetivo de conscientizar empresários e representantes quanto a importância de combater as irregularidades dentro das empresas. Com os grupos, também são debatidas propostas de adequações as IS que estejam mais próximas da realidade das ECV’s, onde as mesmas serão apresentadas o Detran/ES para avaliação ao final do projeto.